Sobre ser quem você é...

quinta-feira, 17 de março de 2011
Alguma vez você já se sentiu assim? De coração aberto diante de alguém, nem que seja de si mesmo, sendo simplesmente quem você é? Sem máscaras. Apenas você.
Fico imaginando até que ponto isso é bom. Até que ponto é bom pra você, mas também para quem te vê como você é. Será que as pessoas seriam capazes de te compreender? Será que você se compreenderia? Já parou para pensar no quão maravilhoso é se sentir livre para ser do jeito que você é? Um ser humano com medo, assustado, mas procurando um caminho, um modo melhor de viver. Ou será que você é alguém satisfeito, caminhando por uma estrada que você sabe exatamente onde vai dar? Será que morre de vontade de se abrir, mas é tímido demais para fazê-lo? Será que tem medo de quantas decepções isso vai te trazer? Será que ao se abrir, se mostrar, ser como você é, você vai decepcionar as pessoas que você ama? E se o que você é não lhe parece tão bom para impressionar alguém? E se você achar que vai magoar as pessoas a quem ama apenas sendo quem você é?
É difícil ter certeza dessas respostas sem realmente se expor, se arriscar. Por que na verdade, essas não são as únicas perguntas. Você quer ser o melhor para quem você ama. Elas querem o seu melhor. Mas, às vezes, o melhor para elas é que você seja quem é. Que se sinta livre pra ser simplesmente quem você é. E talvez você perceba que isso era o que você precisava. Ser você para, se conhecendo e se permitindo, se tornar melhor.

3 comentário(s):

  1. . Rebeca ♪ disse...:

    É que são tantas perguntas né?
    é tao complicado que alguns acabam preferindo ficar como estão do que correr o risco de se abrir, é bem mais facil, rs
    Otimo texto! *-* bjo!

  1. Pathy disse...:

    E não dizem que vc é quem vc é qnd ninguém tá olhando?

    Texto mto bom.

  1. André disse...:

    ^^ como diz a Beck's, é complicado mesmo... rs.
    eu sempre me perguntei quem eu realmente era... acho que eu já passei tanto tempo sendo quem eu gostaria de ser para "impressionar as pessoas" ou simplesmente para não deixá-las decepcionadas, que acho que não sei mais identificar quem eu realmente sou...
    às vezes penso que nem mesmo eu saberia como lidar comigo mesmo de verdade... então como pedir que as pessoas lidem com isso?
    libertador? pode até ser, mas a que custo?