Sobre o amor...

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Há algo que magicamente acontece em nós quando amamos alguém. Talvez não seja mágica. Talvez algo no céu se mova, os astros conspirem e planetas se alinhem quando pessoas se amam.
Amor de amigo, de namorado, apaixonado, proibido, sofrido, doído, não importa por quem, que seja amor. Simplesmente amor.
Como isso acontece? De que forma o nosso coração se liga ao coração de alguém, fazendo com que outro seja tão ou mais importante do que nós mesmos?
Eu tenho pra mim que o amor não acontece por um motivo óbvio, como muitos julgam. Não é porque a pessoa tem algo especial, não é porque faz uma omelete deliciosa, ou porque ela nos faz bem. Não é assim que o amor acontece, escolhido a dedo, como peça de vitrine
Acho que o amor simplesmente acontece. Independente, não-circunstancial e até não-correspondido. Amamos aquela pessoa que nos machuca, que nos engana, que não se importa. Muitas vezes a amamos mais do que a outros, mais do que àqueles que se esforçam, que são capazes de dar a própria vida por nós. Por amor nós ignoramos defeitos e amplificamos as qualidades. Por amor justificamos as atitudes do outro e compreendemos os seus motivos. Por amor ignoramos até mesmo a realidade de um amor impossível.
De que forma perdemos o controle das nossas vidas e passamos a viver em função de outra pessoa, seja ela merecedora ou não disso tudo?



P.S.: No começo eu também achei que seria um texto mais animadinho :P

3 comentário(s):

  1. Pathy disse...:

    E não é animadinho? Depois das decepções você falou sobre o amor. É muito animador.
    Às vezes o amor parece injusto, né? Quando amamos essas pessoas que não se importam, né? Mas acho que aí é que tá a graça...Deus tbm nos ama...e muitas vezes não nos importamos.

  1. André disse...:

    Eu acho que nunca vou entender o amor entre um homem e uma mulher... Quando queremos amar, quando nos sentimos preparados ou até capacitados para ele, ele nunca surge, mas de repente, ele aparece quando tudo é mais complicado e difícil...
    E esse é o amor mais complicado... Mas amar também é divertido... Principalmente se for amor de amigo! ;D

  1. Laço invisíveis que nos prendem...realmente isso é mágico...eu diria magicamente estranho.
    "O amor não precisa ser entendido,só sentido" (bah,detesto frases de efeito,hahahaha), mas é,um sentimento tão raro,tão sensível,tão intenso que não é preciso explicação,só amor! =D ... Amo vc pequena!